Como criar um artigo que vende

Você sabe como criar um artigo que vende? Vivemos em um momento em que todas as empresas desejam entrar no mundo digital para alcançar o sucesso com o seu público, mas muitas delas não conseguem obter resultados satisfatórios.

Não basta criar um website, um blog e perfis nas principais redes sociais e apenas aguardar pelos resultados. É preciso entender que os conteúdos publicados são verdadeiras ferramentas de venda.

Entretanto, uma estratégia de marketing de conteúdo requer a compreensão do que deve ser feito antes e durante a execução das ações. Tudo começa com um bom planejamento e a definição de uma estratégia. Após isso, é fundamental saber como estruturar esses conteúdos para que se tornem atrativos para o leitor.

Quando você consegue colocar um artigo que vende em prática, os resultados alcançados são fantásticos. Veremos neste artigo como você pode alcançar esse objetivo. Confira.

Marketing de conteúdo e a criação de uma estratégia

O primeiro passo para criar um artigo que vende é compreender como funciona o marketing de conteúdo e aprender a criar uma estratégia eficiente. Essa será a base para tudo o que será colocado em prática.

Como funciona o marketing de conteúdo?

O marketing de conteúdo utiliza a produção de conteúdos relevantes na internet para atrair novos clientes, mantê-los próximos da empresa e gerar mais vendas. Além disso, a geração de valor no mercado contribui para a melhoria da percepção em relação à marca.

Note que o segredo para uma estratégia de marketing de conteúdo não está na simples publicação de conteúdos, e sim na geração de valor para o cliente. É preciso entregar informações úteis e valiosas para os seus clientes.

Quem é o seu cliente?

Para que você consiga realmente entregar informações de valor para o seu cliente, é fundamental que você saiba exatamente quem é esse cliente, não é? Isso inclui informações sobre seus hábitos de consumo, gostos pessoais, interesses e problemas que podem ser solucionados com a sua ajuda.

A jornada do cliente

Depois de conhecer quem são as pessoas que consomem do seu negócio, é hora de conhecer melhor a jornada do cliente – que é o caminho percorrido por um usuário desde o momento em que ele conhece a sua empresa até o fechamento de uma venda e sua fidelização.

Enquanto alguns clientes conhecem a sua empresa e resolvem comprar um produto minutos depois, outros podem levar meses para tomar uma decisão. Em todo esse processo, é importante nutrir os leads com conteúdos relevantes que contribuem para a sua decisão.

Para colocar isso em prática, é preciso gerar conteúdos diferentes levando em conta a situação de cada lead. Enquanto algumas pessoas buscam por informações básicas, outras já estão pensando sobre o seu problema. E ainda existem aquelas que chegam na etapa de analisar o seu produto para finalmente fechar a compra.

Planejamento dos conteúdos

Depois de compreendida toda a estratégia que está por trás de um artigo que vende, vamos começar a planejar a execução dessas ações. Para isso, vamos entender melhor quais são as informações que você deve abordar.

Quais informações você precisa transmitir?

Utilize todos os dados que você possui sobre o seu cliente para descobrir quais informações ele deseja consumir. Um grande erro cometido por muitas empresas é gerar conteúdos apenas sobre a empresa, seus produtos ou serviços – afinal, o leitor busca por informações úteis para a sua vida.

Uma empresa que vende produtos para jardinagem pode criar conteúdos com dicas para fazer uma horta ou informações sobre espécies de plantas, por exemplo. São conteúdos que podem ser muito úteis para os seus clientes e levá-los a criar uma boa percepção sobre a marca – resultando em vendas.

Informações úteis que levam a outras

Um artigo que vende não alcança esse propósito sozinho. Todos os conteúdos publicados no blog da sua empresa atuam em conjunto para levar um leitor a tomar a decisão de compra.

Por isso, é recomendável que você crie ligações entre os conteúdos – fazendo com que o usuário não pare na leitura do primeiro artigo. Quanto mais tempo um usuário passa navegando pelos seus conteúdos, maiores as chances de que ele crie uma boa percepção sobre a sua marca, inscreva-se na lista de e-mails ou faça uma compra.

Superação de objeções

Um artigo que vende consegue ajudar o cliente a superar as suas objeções sobre o seu produto ou serviço.

Imagine uma empresa que presta o serviço de consultoria empresarial. Em um primeiro momento, um interessado pode achar o valor cobrado muito elevado. Porém, com base nos conteúdos ele compreende que os resultados obtidos podem compensar facilmente esse investimento.

Estrutura de um artigo que vende

Já sabemos tudo o que um artigo que vende deve abordar. Mas e na hora de escrevê-lo, como deve ser a sua estrutura? O que torna um conteúdo atrativo para o leitor? Veremos neste capítulo!

1. Mensagem consistente

O primeiro passo é encontrar uma mensagem consistente para transmitir em cada conteúdo. O que você realmente deseja entregar ao leitor? Como as informações daquele artigo contribuirão para a solução dos seus problemas?

2. Título chamativo

Depois de definida a mensagem, você deve pensar em um título chamativo. Opte por títulos fortes e com uma chamada para ação – que deixem o leitor instigado e façam com que ele abra o link para conferir.

3. Divisão em tópicos

Um bom conteúdo é dividido em vários tópicos. Isso facilita a leitura e promove a escaneabilidade – que acontece quando o leitor passa os olhos pelo conteúdo e consegue ter uma noção de tudo o que será abordado, mas sem relevar todas as informações logo de cara.

4. Afirmações fortes e inspiração

Você lembra da produção de artigos acadêmicos, em que é altamente recomendável evitar afirmações fortes e manter um tom formal? Esse é exatamente o oposto do que deve ser um artigo que vende.

Aposte nas afirmações fortes, que causem emoções no leitor. Quanto mais inspirador for o seu conteúdo, melhor será a recepção daquelas pessoas que fazem a leitura.

Leve o usuário para o próximo passo

Para finalizar, o grande truque para um artigo que vende: conduza o leitor para o próximo passo. O objetivo deve ser quebrar a inércia e levar o usuário para a leitura de um outro artigo, para inscrever-se na lista de e-mail, entrar em contato com a sua empresa, comprar um produto, entre diversas outras opções.

Por isso, todos os seus artigos devem ser finalizados com uma Call To Action (CTA), que é uma chamada de ação de impacto. É assim que um usuário avança na jornada de compra até que esteja pronto para fechar uma compra.

O que você achou das informações sobre a criação de um artigo que vende? Deseja obter resultados ainda melhores com o marketing de conteúdo? Então conheça a mentoria do Cara do Marketing!

Sobre autor Veja todos os artigos Autor website

Marcelo Sales

Publicitário, designer, palestrante e especialista em mídias sociais. Atuo como Consultor em Marketing Digital, auxiliando pequenos negócios e startups a se posicionarem de forma estratégica na web.