Facebook Ads ou Google Adwords: em qual devo investir?

É melhor investir no Facebook Ads ou no Google Adwords? Essa é uma dúvida muito comum entre os empreendedores que desejam potencializar a sua presença na internet através das mídias pagas para melhorar os resultados obtidos.

Apesar de ambas alternativas possuírem uma finalidade semelhante, existem algumas diferenças básicas que podem influenciar no seu uso. Tudo depende dos objetivos buscados, das características do público e das particularidades de cada negócio.

A decisão entre Facebook Ads ou Google Adwords é muito importante para o planejamento financeiro dos valores que serão empregados com mídias pagas. Afinal, as empresas possuem um orçamento limitado para esses investimentos e procuram otimizar a sua utilização.
Veremos neste artigo se é melhor investir no Facebook Ads ou Google Adwords. Confira.

Características do Facebook Ads e Google Adwords

Para iniciar uma análise entre Facebook Ads ou Google Adwords é fundamental conhecer as características de cada um deles, certo? Neste capítulo veremos as principais informações que você precisa conhecer para tomar a sua decisão.

Facebook Ads

O Facebook Ads é o nome dado à ferramenta de campanhas no Facebook. Ela permite a criação de anúncios com textos e fotos, podendo direcionar para a fanpage ou para o website da sua empresa. A principal característica do Facebook Ads é a alta possibilidade de segmentação na comunicação.

Você pode colocar filtros nos seus anúncios para que eles sejam mostrados apenas para pessoas com potencial interesse no seu negócio – definindo idade, gênero, localização, profissão, assuntos de interesse e páginas curtidas.

Além disso, o Facebook Ads tem a característica de atrair aquele público que ainda está na etapa de aprendizado e deseja conhecer melhor a sua empresa. Ao levar esses usuários a curtirem a sua página você tem a oportunidade de nutri-los com conteúdos relevantes e iniciar um bom relacionamento.

Google Adwords

O Google Adwords é uma ferramenta de marketing digital já consolidada há muitos anos. Trata-se de uma opção e “busca paga” – em que o website da sua empresa aparece entre os primeiros resultados de pesquisas com palavras-chave relacionadas.

Você já reparou que se você pesquisar por “restaurantes em São Paulo” alguns websites aparecem em destaque antes dos outros resultados? Eles possuem uma chance maior de receber cliques – e também uma chance maior de atrair mais clientes.

A possibilidade de segmentação não é tão grande quanto no Facebook Ads, mas o Google Adwords busca aproveitar uma grande tendência entre os consumidores: pesquisar no Google antes de realizar uma compra. Ou seja, os usuários atingidos pelos anúncios no Google Adwords já estão mais avançados no funil de vendas.

As principais diferenças

Para facilitar ainda mais a sua decisão por Facebook Ads ou Google Adwords, vamos conferir quais são as principais diferenças entre as duas ferramentas:

  • Base de segmentação. A forma como é feita a segmentação do público é bastante diferente. Enquanto o Facebook Ads trabalha com informações pessoais e interesses de cada usuário, o Google Adwords faz a sua segmentação pelas palavras-chave utilizadas na pesquisa.
  • Fase do consumidor no funil de vendas. Um usuário que navega pelo Facebook e encontra uma publicação impulsionada que chama a sua atenção dificilmente realizará uma compra naquele momento – e sim ficará interessado nos conteúdos da página. Enquanto isso, os usuários que pesquisam no Google já estão prontos para realizar a compra e buscam pela melhor solução.
  • Formatos de anúncio. O Google Adwords trabalha com anúncios de diversos formatos: texto, responsivo, gráfico, em aplicativos, vídeos, Google Shopping, entre outros. Enquanto isso, o Facebook Ads mostra os seus anúncios apenas no feed dos usuários e oferece uma variação entre texto, imagens e vídeo.

Como otimizar os resultados obtidos

Independentemente da sua escolha por Facebook Ads ou Google Adwords, é importante conseguir tirar o máximo dessas ferramentas para potencializar os resultados, certo? Neste capítulo veremos algumas dicas para utilizá-las da melhor forma possível.

Potencializando as campanhas no Facebook Ads

  • Conheça profundamente o seu cliente – Como a segmentação do público é o ponto forte do Facebook Ads, é fundamental que você conheça profundamente o seu cliente – incluindo os seus desejos, hábitos, gostos pessoais e interesses no Facebook.
  • Direcione a comunicação – Quando o usuário passar pela sua publicação impulsionada no Facebook, ele deve sentir como se aquele conteúdo tivesse sido criado especialmente para ele. Ou seja, a comunicação deve ser direcionada especialmente para o público a que ela está destinada.
  • Escolha imagens adequadas – São as imagens que chamam a atenção de um usuário para uma publicação em seu feed. Apenas depois disso é que ele parará para ler o texto da postagem. Por isso, a escolha adequada das imagens pode ser um diferencial para os seus resultados.
  • Defina adequadamente as páginas relacionadas – Uma das ferramentas mais eficientes para alcançar o público correto é direcionar a publicação impulsionada para os seguidores de páginas relacionadas à sua empresa. Escolha adequadamente essas páginas considerando as características do seu público.
  • Faça testes – Procure criar várias publicações impulsionadas simultaneamente fazendo pequenos testes para encontrar a melhor alternativa. Depois disso, você pode aumentar o orçamento dessa publicação e reduzir a quantia gasta nas outras opções.

Otimização das campanhas no Google Adwords

  • Escolha adequadamente as palavras-chave – O Google Adwords funciona através de palavras-chave, certo? Por essa razão é fundamental escolher as palavras-chave correta que realmente sejam utilizadas pelo seu público e tenham o mínimo de concorrência possível.
  • Procure aumentar o seu Quality Score – O Quality Score é uma pontuação criada pelo Google que influencia nos resultados dos seus anúncios. A pontuação é composta pelo CTR (taxa de cliques no anúncio), relevância e qualidade da página de redirecionamento.
  • Direcione os anúncios para as páginas corretas – Em vez de levar os usuários sempre para a página inicial da sua empresa, procure direcioná-los para o que eles realmente estão procurando. Se você direcioná-los para uma landing page, são maiores as chances de que gere um lead, por exemplo.
  • Analise as métricas – Você pode acompanhar as métricas de resultados obtidos com os seus anúncios e descobrir quais deles são mais efetivos – obtendo informações que serão úteis na sua próxima campanha.

E então, Facebook Ads ou Google Adwords?

Depois de todas as informações que vimos ao longo deste artigo você já consegue optar entre Facebook Ads ou Google Adwords? Ambas opções podem ser muitas efetivas – depende apenas de como você irá utilizá-las.

Apesar de serem ferramentas de mídia paga em um ambiente digital, elas possuem um funcionamento diferente e alcançam usuários em etapas diferentes em um funil de vendas. Por isso, a sua escolha pode ser baseada nos objetivos de curto prazo do seu negócio: você precisa gerar bastante leads para começar a nutri-los ou já possui um bom número de usuários prontos para fazer uma compra?

Além disso, você também pode integrar as duas ferramentas e realizar campanhas complementares, aumentando a sua presença no mundo digital e gerando mais autoridade para a sua marca. É uma ótima forma de acelerar o processo entre a atração de pessoas e a conversão em vendas.

Você prefere investir no Facebook Ads ou Google Adwords? Gostou das dicas apresentadas no artigo? Se você deseja potencializar a sua presença no mundo digital, o primeiro passo é fazer um bom planejamento contando com o auxílio de quem possui experiência!

Sobre autor Veja todos os artigos Autor website

Marcelo Sales

Publicitário, designer, palestrante e especialista em mídias sociais. Atuo como Consultor em Marketing Digital, auxiliando pequenos negócios e startups a se posicionarem de forma estratégica na web.