Inbound Marketing: baixos custos e grandes resultados

O Inbound Marketing surgiu com a proposta de aproximar a empresa do seu público e proporcionar resultados ainda melhores com ações de marketing – elevando o número de vendas. Mas será que esses resultados realmente aparecem?

É inegável que as estratégias de Inbound Marketing são muito eficazes para despertar o interesse e engajar o público. Entretanto, muitos empreendedores ainda se perguntam: quais são os ganhos reais?

A verdade é que o Inbound Marketing apresenta resultados fantásticos com custos inferiores aos do marketing tradicional. Confira neste artigo como isso acontece!

Dados do Inbound Marketing

A melhor forma de visualizar a eficiência do Inbound Marketing é analisando os resultados que já estão sendo obtidos por diversas empresas ao redor do mundo, não é?

Por essa razão, separei alguns dados que comprovam o grande potencial do Inbound Marketing:

  • 95% dos consumidores optam por soluções de empresas que fornecem um conteúdo amplo que auxilia em cada etapa do processo de compra (DemandGen Report)
  • Inbound Marketing gera 54% mais leads que o marketing tradicional (Hubspot)
  • Empresas que nutrem suas leads vendem 50% mais, a um custo 33% menor (Forrester Research)
  • Leads nutridos produzem, em média, um aumento de 20% nas oportunidades de vendas, em comparação com leads não nutridos (Demand Generation Benchmarks)
  • Empresas que adotam estratégia de Inbound Marketing tendem a apresentar maior ROI do que aquelas que adotam Outbound Marketing (Hubspot)
  • 60% dos consumidores apresentam visão mais positiva sobre uma marca depois de consumir seus conteúdos (iMedia Connection)

O cliente exige mudanças

Todos os dados apresentados servem para ilustrar uma realidade: o mercado está em transformação e o cliente exige mudanças.

Por muito tempo, a principal forma de marketing adotada pelas empresas era focar na promoção dos seus produtos em grandes mídias. Comercial na televisão, outdoors espalhados pela cidade ou anúncios no jornal são ótimos exemplo disso.

Com o surgimento da internet, as empresas passaram a utilizar essa nova forma de comunicação para tentar levar os consumidores à compra. Foi nesse momento que começaram a ser realizadas ações como o envio de e-mails que conhecemos como “spam” e os pop-ups (aquelas janelas que abrem sem que o usuário deseje).

Note que todas essas formas de se comunicar com o cliente são muito intrusivas e interrompem o que o cliente está fazendo. O Inbound Marketing possui uma proposta completamente diferente: atrair o cliente e satisfazê-lo.

Em vez de receber vários e-mails indesejados sobre ofertas de cursos sobre gestão financeira, uma empresa pode criar conteúdos com dicas ou disponibilizar planilhas gratuitas para ajudar esse público. Depois de conhecer a empresa e enxergar tudo o que ela pode oferecer, esse lead se torna um cliente.

Levando isso em conta, podemos identificar as etapas do Inbound Marketing:

  1. Atrair tráfego
  2. Converter visitantes em leads
  3. Converter leads em vendas
  4. Fidelizar os clientes e aumentar as margens
  5. Encantar seus clientes e transformá-los em promotores da marca

Quando você possui uma estratégia que começa muito antes do momento da venda e conduz o cliente de acordo com as suas necessidades, os resultados aparecem de forma natural.

Redução de custos e ganho de resultados

De acordo com a Demand Metric, o Inbound Marketing custa 62% mais barato que o Marketing Tradicional (ou Outbound Marketing). Ou seja, todos os resultados que vimos ao longo deste artigo podem ser obtidos com uma redução das despesas empresariais.

Não é muito difícil entender como isso acontece. Enquanto o Outbound Marketing trabalha com anúncios em meios de comunicação para a grande massa e exige um alto investimento, o Inbound Marketing opera através de estratégias certeiras na internet.

Uma empresa precisa apenas de um website, um blog e perfis nas principais redes sociais para começar a criar um relacionamento com o seu público. Com uma boa estratégia, os custos de execução ficam lá embaixo.

Além disso, a efetividade dessas ações tendem a ser muito maiores. Coloque-se no lugar do seu cliente por um instante e pense na diferença entre assistir um comercial de televisão falando sobre determinado produto ou receber um conteúdo exclusivo e repleto de informações úteis, com possibilidade de tirar suas dúvidas através das redes sociais.

O Inbound Marketing é mensurável

Para finalizar com chave de ouro a relação entre os baixos custos e grandes resultados do Inbound Marketing, temos que destacar outra de suas características positivas: a possibilidade de mensurar os resultados.

Imagine que você espalhe panfletos da sua empresa pela cidade. Quantas pessoas visualizaram o seu material? Quais delas ficaram interessadas? Será que algum dos seus novos clientes foi influenciado por essas propagandas?

É muito difícil mensurar o impacto das ações do Outbound Marketing, não é? Por outro lado, o Inboud Marketing possibilita que você acompanhe o impacto e os resultados de cada ação executada.

Quantos clientes acessaram o seu website? Como eles encontraram a sua empresa? Quantas pessoas interagiram com as suas publicações patrocinadas? Qual o tempo de permanência no seu website? Quanto tempo depois do seu primeiro acesso um cliente realiza a sua compra?

Além de identificar todas essas informações e muitas outras que são úteis para otimizar as suas estratégias, você pode acessar às informações individuais de cada lead e gerar conteúdos personalizados – fortalecendo o relacionamento com a sua marca.

Você já sabia que o Inbound Marketing possibilita alcançar grandes resultados com baixos custos? Quer aprender tudo sobre o assunto? Então confira o Mini Curso de Inbound Marketing para iniciantes!

Sobre autor Veja todos os artigos Autor website

Marcelo Sales

Publicitário, designer, palestrante e especialista em mídias sociais. Atuo como Consultor em Marketing Digital, auxiliando pequenos negócios e startups a se posicionarem de forma estratégica na web.