5 dicas para melhorar o layout do seu blog

Eu conversei bastante no decorrer de 2016 sobre a atração de visitantes e o aumento da taxa de conversão com uma boa estratégia de Inbound Marketing. Por causa disso, muitas startups e novos negócios têm me procurado para começarem a utilizar boas estratégias de SEO e iniciarem o marketing de conteúdo. E uma das primeiras coisas que eu preciso esclarecer é: todo nosso esforço será em vão se o blog não tiver um layout bacana e funcional. Um template não é responsivo ou um front-end não muito amigável para o usuário, já é o suficiente para espantar seus potenciais clientes!

Você já escutou a frase “uma imagem vale mais do que mil palavras?”. Parece clichê se falarmos agora, em plena era da tecnologia, mas foi pronunciada por Confúcio, famoso filósofo chinês, há 2.500 anos. Ou seja, a humanidade sempre foi composta por seres visuais e devemos levar isto em conta em todos nossos projetos – inclusive no layout do seu blog.

Longe de ser um cuidado meramente estético, o capricho na estrutura do layout e na utilização de recursos visuais do blog pode ser a chave para o sucesso dessa iniciativa, aumentando o número de visitas ao canal e ajudando sua empresa a ser reconhecida como autoridade no assunto.

Neste post, vou apresentar 5 dicas legais sobre como melhorar seu blog e atrair muito mais visitantes. Vamos começar?

5 dicas chave para melhorar o layout do seu blog

dicas-chave-para-melhorar-o-layout-do-seu-blog

Dica #1 Escolha as cores certas

Muitas pessoas começam o blog de qualquer jeito sem levar em conta a importância das cores nesse processo. É importante alinhar o blog com a identidade visual já utilizadas pela empresa. As cores possuem grande apelo visual e emocional e usá-las adequadamente no layout do blog pode gerar resultados surpreendentes –pode resultar, por exemplo, em um aumento de até 80% do reconhecimento de marca.

Dica #2 Informações fáceis de serem encontradas

Quando abrimos uma página na internet esperamos encontrar, em uma rápida visualização, o que estamos procurando. Dessa forma, é importante que todas informações essenciais para seu negócio sejam visualizadas imediatamente na tela inicial. Para garantir uma boa experiência, é interessante que o usuário não precise rolar a página nem clicar em nada. E quais são essas informações chave? Para isso, você precisa definir qual o propósito do seu site e quais as metas espera alcançar.

Dica #3 Como está a navegação do blog?

Assim como falei no item acima, quanto mais simples e fácil de usar for o seu blog, maior é a chance de você conseguir conversões. Por isso, simplifique os menus de navegação. Os melhores conteúdos do site precisam ser encontrados com poucos cliques. Você sabia que quase 90% das pessoas que visitam um site pela primeira vez e têm uma experiência negativa não voltam?

Outra dica é utilizar o breadcrumbs, os famosos rastros de navegação. Se você utiliza sistemas, como o WordPress, por exemplo, há vários plugins que instalam facilmente esse recurso no seu blog.

Dica #4 Abuse dos call to action

Depois de descobrir quais são as melhores informações, fica mais fácil definir quais são os melhores call to action e os comandos que farão seu usuário tomar uma ação no site. Veja o caso do Evernote. Para eles, o mais importante é fazer com que novos usuários façam o registro na sua ferramenta. Ao acessar o site, o que salta à vista, em um primeiro momento, é um grande botão de “registre-se gratuitamente”.

Dica #5 Troque as fontes (e teste)

Mudar as fontes podem fazer uma diferença e tanto no seu blog. Será que a atual está facilitando a leitura do seu usuário? O que acha de fazer um teste? Para texto corrido, o melhor é utilizar aquelas que são mais básicas, como Tahoma ou Verdana, por exemplo. Deixe as fontes mais artísticas para títulos e recursos visuais do blog. Utilize com muita cautela as fontes de escrita à mão, com excesso de serifas. Veja depois se fez diferença.

Sempre esteja atento para que todos os elementos do seu blog estejam bem alinhados. Isso vale para tudo: títulos, texto corrido. Passe a impressão de que você pensou na hierarquia das informações. Depois, reserve um cuidado extra com as imagens. As pequenas são mais difíceis de serem visualizadas, principalmente nas telas dos seus usuários mobile. Além disso, podem gerar uma quebra no padrão de alinhamento do seu blog.

O que você achou das dicas? Ficou com alguma dúvida? Aguardo sua mensagem nos comentários!

Sobre autor Veja todos os artigos Autor website

Marcelo Sales

Publicitário, designer, palestrante e especialista em mídias sociais. Atuo como Consultor em Marketing Digital, auxiliando pequenos negócios e startups a se posicionarem de forma estratégica na web.