4 passos para criar um fluxo de nutrição: da criação das personas até a análise da campanha

Criar um fluxo de nutrição de leads é uma tarefa complexa, não é? Afinal, cada empresa possui suas próprias características e clientes com gostos e hábitos diferentes. Porém, as etapas fundamentais do processo de planejamento se repetem a cada nova construção.

Quando falamos sobre marketing digital, existem inúmeras estratégias e ferramentas que auxiliam na conquista dos resultados esperados. E saber como nutrir os leads de forma eficiente certamente é uma ótima maneira de potencializar esses resultados – gerando mais oportunidades reais de venda.

Muitos profissionais do marketing dominam a arte de gerar leads – seja explorando as mídias sociais, anúncios pagos, SEO ou parcerias. Porém, saber como nutrir esses leads é uma etapa essencial. Caso contrário, todos esses leads gerados se tornarão apenas números.

Neste artigo veremos um passo a passo para que você consiga criar um fluxo de nutrição para seus clientes. Confira.

Criar um fluxo de nutrição: um passo para o sucesso

O seu objetivo é garantir que seus clientes tenham ótimos resultados com o marketing digital, certo? Isso pode incluir a construção de uma presença digital, a atração de mais tráfego, conversão de leads, fidelização do público, entre várias outras metas. Porém, certamente uma dessas metas é promover um aumento do número de vendas.

Pense em uma empresa que publica diariamente nas redes sociais, mantém um blog atualizado semanalmente e disponibiliza materiais ricos todos os meses. Essas ações contribuem fortemente com uma boa presença digital e atração de um público qualificado – convertendo os visitantes em leads.

E depois disso? Alguns leads naturalmente encontram o caminho da primeira compra. Mas muitos deles podem ficar pelo caminho. E os esforços de nutrição servem justamente para aumentar o número de leads que se tornam clientes.

Construir um fluxo de nutrição permite que esse processo ocorra naturalmente, de forma eficiência e com o mínimo de esforços. É possível continuar entregando as mensagens certas e nos momentos certos para que as pessoas se sintam cada vez mais próximas da marca – conduzindo-as ao momento da compra.

4 passos para criar um fluxo de nutrição

Mas, então, como criar um fluxo de nutrição que realmente produz resultados? Neste passo a passo você vai aprender como aplicar com os seus clientes:

1. Faça a criação das personas

O primeiro passo para criar um fluxo de nutrição é a fazer a criação personas. Afinal, é essencial saber exatamente com quem você está se comunicando.

Com base nas personas você terá a capacidade de:

  • Alinhar os conteúdos conforme as necessidades do público;
  • Compreender melhor as fases da jornada de compra e sua duração;
  • Adaptar a linguagem das comunicações;
  • Ter uma visão mais clara dos problemas das personas que podem ser resolvidos pela empresa;
  • Otimizar o resultado da nutrição.

Para compreender melhor como você pode criar as personas com eficiência, acesse este artigo do Cara do Marketing.

2. Construa a jornada de compra

Para criar um fluxo de nutrição funcional, é essencial entender o comportamento dos clientes ao comprar os produtos ou serviços. Afinal, o objetivo é justamente conduzir esse público ao momento da compra.

O segredo está em entender e priorizar a jornada de compra. Isso permitirá que você entregue os conteúdos certos para a maior parte do público.

Uma empresa que vende um produto complexo e de bastante valor (como um software completo de gestão empresarial ou navios) pode levar vários meses para conduzir um usuário ao momento da compra. Por conta disso, a jornada de compra é bastante longa e repleta de processos importantes.

Por outro lado, um negócio que vende um produto simples e de baixo valor (como um restaurante ou uma pet shop) consegue conduzir os usuários ao momento da compra com mais rapidez. Trata-se de uma realidade completamente diferente.

É com base nessa análise que você conseguirá criar um fluxo de nutrição que realmente faz sentido – entregando conteúdos de todas as etapas do funil de vendas no momento certo.

Quer compreender melhor sobre a estruturação da jornada de compra? Então confira neste artigo!

3. Programe o fluxo de automação

O próximo passo para criar um fluxo de nutrição é programar a automação das comunicações. E a melhor forma de colocar isso em prática é por meio do envio de e-mails certeiros.

O objetivo é resolver os problemas que o usuário deseja resolver e dividi-lo em uma jornada, um segmento contínuo que permite conectar o aprendizado do lead e direcioná-lo ao vendedor já com uma abordagem direcionada.

Imagine uma empresa que comercializa um software de gestão financeira. Um usuário que faz o download de um e-book sobre fluxo de caixa pode receber automaticamente um e-mail de agradecimento. A partir disso, ele recebe outros 4 e-mails automáticos com dicas sobre gestão financeira.

Caso ele clique em algum link que remete à solução comercializada, ele pode entrar em um novo fluxo de automação – recebendo materiais mais focados no produto. Dessa forma, ele vai avançando naturalmente pela jornada de comprasem que seja necessária uma atenção humana constante.

O grande segredo neste momento é acertar no momento de criar os e-mails e configurar corretamente o fluxo de automação. Para isso, você pode usar uma ferramenta especializada – como o RD Station.

4. Faça uma análise dos resultados

Por fim, a última etapa para criar um fluxo de nutrição é se preparar para analisar os resultados. Os usuários estão abrindo os e-mails? Estão clicando nos links? O número de leads que se tornam clientes está aumentando? Em quais momentos da jornada de compra os leads estão travados?

Um dos grandes benefícios do marketing digital é a possibilidade de mensurar com precisão todos os resultados obtidos. Abuse disso para obter insights valiosos que vão ajudá-lo a aprimorar constantemente as campanhas.

Vamos construir o caminho para o seu sucesso juntos?

Acabamos de aprender como criar um fluxo de nutrição para entregar um serviço de qualidade para seus clientes. Porém, um caminho de sucesso neste mercado tão concorrido deve ir muito além disso.

Um profissional de marketing digital deve estar atento a muitos fatores importantes: atendimento ao cliente, negociação, apresentação de proposta comercial, onboarding, comunicação com o cliente ao longo do processo, sucesso do cliente, pós-venda, entre outros.

Criar uma marca de sucesso no mercado do marketing digital pode ser um grande desafio. Mas o Cara do Marketing pode ajudá-lo ao longo deste processo. Com o Programa de Mentoria Digital do Cara do Marketing você pode contar com o auxílio de um profissional com anos de experiência neste nicho de mercado.

Está preparado para construir um caminho de sucesso no mercado do marketing digital? Então faça sua aplicação no Programa de Mentoria do Cara do Marketing.

Sobre autor Veja todos os artigos Autor website

Marcelo Sales

Publicitário, designer, palestrante e especialista em mídias sociais. Atuo como Consultor em Marketing Digital, auxiliando pequenos negócios e startups a se posicionarem de forma estratégica na web.