Marketing digital em tempos de COVID-19: 5 estratégias para encarar a crise

Como adaptar uma estratégia de marketing digital em tempos de COVID-19? Essa é a grande pergunta que muitos empresários e profissionais de marketing estão se fazendo neste momento.

Por conta da pandemia do COVID-19, algumas empresas estão reduzindo suas ações de marketing, enquanto outras estão sendo mais ágeis e apresentando maneiras interessantes de envolver seu público nesses tempos difíceis.

Se você deseja se manter competitivo, não pode ficar ocioso por muito tempo. Ser conservador parece a escolha segura quando há incerteza sobre quanto tempo a crise vai durar. Mas precisamos equilibrar a responsabilidade financeira com a necessidade de manter os consumidores informados e envolvidos quando as coisas ficam difíceis.

Na verdade, estudos baseados em dados históricos mostram que a abordagem correta durante a incerteza econômica é aumentar – e não diminuir – seus gastos com marketing. A última coisa que você quer é ser pego de surpresa e ficar atrás dos concorrentes quando a economia acelerar novamente.

Porém, isso não significa que você deve continuar com seus planejamentos prévios de marketing. Esse período exige sensibilidade ao que está acontecendo na vida das pessoas e flexibilidade para acompanhar mudanças rápidas.

Neste artigo vamos analisar as principais estratégias de marketing digital em tempos de COVID-19. Acompanhe.

A importância de reavaliar seu plano de marketing com COVID-19 em mente

A pandemia de coronavírus é uma crise de saúde como nunca vimos antes. Por isso, não é surpresa que tenha gerado impactos tão notáveis no mundo empresarial.

Em tempos como esses, você precisa responder às mudanças em tempo real. Seguir aquele planejamento de marketing elaborado em janeiro pode não ser a melhor das ideias – afinal, o público está com novas necessidades e prioridades neste momento.

Eventos inesperados como a pandemia do COVID-19 devem sempre levar empresários e profissionais de marketing a dar um passo atrás e pensar: “OK, o que o mercado está pedindo agora?”. Dessa forma, é possível se adaptar ao momento e continuar com um trabalho eficiente – sem soar insensível e preparando-se para prosperar após o fim da crise.

Trata-se do momento de reavaliar os canais de comunicações usados, o orçamento alocado no marketing digital, o teor dos conteúdos criados para o público, as estratégias de mídia paga, a otimização para mecanismos de busca (SEO), entre outras ações que sua empresa costuma adotar.

5 estratégias de marketing digital em tempos de COVID-19

Mas, então, como adaptar as estratégias de marketing digital em tempos de COVID-19? Aqui estão algumas ideias que você pode explorar no seu negócio:

1. Recrie seu funil de marketing e vendas

As coisas estão difíceis agora e podem continuar assim por um tempo. A maioria dos setores está registrando baixas taxas de conversão. E, em alguns segmentos, essa realidade é ainda pior – como para as agências de viagens, por exemplo.

No entanto, embora os consumidores não estejam comprando no momento, eles farão isso no futuro. Portanto, é uma boa prática alterar seu funil de marketing e vendas para acomodar essa nova realidade.

Ofereça algo gratuito ao seu público durante estes tempos econômicos difíceis: testes, cursos gratuitos ou outros brindes. Forneça a eles mais conteúdo e até dê a eles conteúdo premium de graça.

Ao oferecer conteúdo consistente e de alta qualidade aos seus clientes, você cria confiança, se conecta ao seu público e aumenta o reconhecimento da marca. Você também incentiva conversões porque os consumidores têm as informações necessárias para tomar decisões de compra informadas.

2. Responda à crise com inteligência

Um estudo recente da American Association of Advertising Agencies revela que 56% dos consumidores estão felizes por as marcas estarem ajudando na pandemia do novo coronavírus. Enquanto algumas marcas estão apoiando as comunidades afetadas, outras estão oferecendo a ajuda necessária nas instituições de saúde. Elas estão dando leveza, alívio e recursos aos que mais precisam delas.

Além disso, um bom número de empresas está respondendo à crise do COVID-19 com ofertas especiais, novos serviços, páginas de recursos especiais e outras abordagens úteis. Trata-se de uma maneira interessante de manter os clientes por perto e gerar valor para um público que está com mais tempo para navegar pela internet do que nunca.

Um ótimo exemplo disso é a empresa HubSpot, que introduziu várias medidas e recursos de suporte para ajudar os clientes e as comunidades a se adaptarem a esses tempos difíceis. Entre eles, estão novas séries de conteúdo, dados sobre marketing e vendas e uma comunidade da HubSpot para que as pessoas se conectem com outros profissionais.

3. Invista no marketing de conteúdo

Atualmente, o distanciamento social é a nova norma. E para enfrentar essa realidade, muitas pessoas recorrem à internet para aprender. Além disso, as pessoas ainda desejam pesquisar produtos e serviços online antes de entrar em contato com uma empresa.

Por essa razão, o marketing de conteúdo vem se mostrando cada vez mais importante nas ações digitais das empresas brasileiras. Ao gerar informações relevantes, você mantém o público por perto e garante que eles sejam inseridos no seu funil de vendas – mesmo que a compra ocorra somente após superada a crise.

O que não faltam são boas ideias para colocar isso em prática – desde a postagem de mais artigos no blog da sua empresa até o desenvolvimento de um centro de aprendizado online, com guias, seminários online e cursos.

4. Aposte nos eventos virtuais

Não temos certeza de quando os eventos reais voltarão a nossas vidas. No entanto, graças à tecnologia, você pode promover um evento virtual – e com mais praticidade e custos inferiores a um evento presencial.

Esses eventos virtuais podem ter um grande valor para o marketing digital em tempos de COVID-19 por vários motivos:

  1. Você alcança um público maior porque as pessoas podem participar de qualquer lugar do mundo.
  2. Os eventos virtuais são mais baratos de realizar – você não precisa arcar com os custos de reservar um local e contratar um planejador de eventos.
  3. Esses eventos são mensuráveis – você pode determinar quantas pessoas compareceram, onde elas estão localizadas, quais tópicos são mais populares e quantos dos participantes realizaram as ações desejadas pela sua empresa.

E você não precisa realizar uma super produção com vários convidados. Basta ter um notebook com uma webcam e criar uma landing page para organizar um momento de interação com o seu público!

5. Acompanhe as dores do seu setor

A crise do Covid-19 afetou muitos setores. E esses setores precisam se reinventar para o futuro. O segmento do turismo, por exemplo, está oferecendo opções como passeios virtuais ou imagens em 3D de locais turísticos.

As empresas que não conseguirem se reinventar serão removidas do mercado. Para emergir vencedoras nesta crise, as empresas devem combinar resiliência e agilidade. Elas devem determinar onde devem ser fortes e onde devem ser flexíveis.

Portanto, um bom exemplo de estratégia de marketing digital em tempos de COVID-19 é examinar seu setor para identificar as novas dificuldades que seus clientes podem estar enfrentando. Afinal, a realidade dos consumidores está sendo transformada ao longo desta pandemia.

Um ótimo exemplo disso vem dos artistas brasileiros. Logo nas primeiras semanas de quarentena, começaram a surgir inúmeras lives de músicos – e, em pouco tempo, elas tomaram proporções gigantescas e atraíram vários patrocinadores.

Se não é possível realizar shows para milhares de expectadores pagantes, é possível chegar até esse público pela internet. Trata-se da união da necessidade das pessoas por entretenimento gratuito com a oportunidade de continuar gerando uma boa receita e mantendo uma boa imagem no mercado.

Adapte-se para sobreviver!

Para sobreviver, é preciso se adaptar. Essa é uma lei da natureza, mas também pode ser aplicada ao mundo empresarial.

Estamos lidando com um momento em que praticamente todo mundo está assustado, confuso e incerto.

As empresas, assim como seus consumidores, não têm ideia do que acontecerá a seguir, ou quão bem irão prosperar depois que a pandemia começar a diminuir. E a melhor coisa que você pode fazer agora é ser proativo.

Além das dicas de marketing digital em tempos de COVID-19 que acabamos de ver, procure adaptar as ações que você já vinha executando para essa nova realidade – sempre com foco no que você sabe sobre seus clientes e seu setor.

Agora é a hora de empresas de todos os tamanhos atualizarem e aperfeiçoarem suas estratégias de marketing, para que possam provar seu valor ao público-alvo.

Se você não tem certeza de como vai sobreviver à pandemia ou precisa de uma pequena ajuda para lidar com a crise pessoal da sua empresa, o Programa de Mentoria do Cara do Marketing pode ajudá-lo. Trabalhando juntos, podemos construir uma marca que resistirá a qualquer tempestade!

Você está preparado para adaptar suas estratégias de marketing digital em tempos de COVID-19? Quer contar com o auxílio de um profissional com experiência nesta área? Então faça sua aplicação no Programa de Mentoria do Cara do Marketing!

Sobre autor Veja todos os artigos Autor website

Marcelo Sales

Publicitário, designer, palestrante e especialista em mídias sociais. Atuo como Consultor em Marketing Digital, auxiliando pequenos negócios e startups a se posicionarem de forma estratégica na web.